sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

O ser Humano .

O Ser Humano está condicionado, e não condenado, a viver em sociedade.Essa sociedade? 15, 20 ou 1 pessoa.
Viver sozinho é como florir no outono...impossível, mas com o passar do tempo o homem, e quando digo homem vem tornando possível o impossível.
Ao invéz de assimilar e aproveitar como aprendizado o diferente do próximo, criticamos e desmanchamos sua imagem apenas porque suas atitudes não são iguais as nossas ou porque não são aquilo que denominamos que é melhor.
A verdade é que cada um é estranho ao outro, porque estar com uma pessoa que é exatamente igual a você ou que faz tudo do jeito que você gosta torna-se você naquela pessoa e assim aquela pessoa perde a identidade e passamos a viver nos relacionando com um espelho.
O bom, é que a solução já existe e o curioso é, que foi o próprio Ser Humano que inventou.Ele não sabe descrever, desenhar, prescrever, mostrar o caminho e alguns não são nem capazes de sentir, mas ele existe.E qual a graça que tem procurar uma coisa que é inimaginável ao cérebro e inperceptível aos olhos? É porque o coração, que mesmo sem pensar e sem ver, sente, fazendo com que cada minuto dessa sensação seja como um eterno gozar e as diferenças ou detalhes do outro passam a ser insiguinificantes diante de um abraço apertado, chamar alguém de irmão, um beijo inesperado ou um sincero te amo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário